Muitas pessoas fazem parte da nossa vida. Entretanto, são poucas que se interessam e ficam sabendo dos detalhes. Esse blog surge com o propósito de compartilhar as experiências que temos com um filho autista. Não somente falar de lutas, lágrimas e terapias. Mas também enxergar tudo isso de uma perspectiva cristã, de uma convicção que Deus nos ama apesar de nós, que está conosco em meio as aflições, e que faz coisas grandiosas ao nosso redor.

»

  1. elaine disse:

    Amiga Raquel sempre me lembro de você…e pode ter certeza que estaremos orando por vocês.
    Que Deus continue dando força a vocês…
    E quero dizer que estamos com vocês em oração..
    abraços a vocês.

  2. glaucia disse:

    Raquel, também tenho um menino e há algum tempo descobrimos q ele é autista, não sabemos ainda em q grau, somos leigos ainda no assunto, a única coisa q tenho certeza é q meu Leon é uma dádiva divina, uma bênção mesmo, assim como seu filho é com certeza pra vc!! Serei uma boa mãe, to preparada pra ajudá-lo, sei q fui escolhida, então, farei bonito!!!!! Deus nos abençõe!!! Amei teu blog!! Gláucia Casagrande.

    • Marcelo Moura disse:

      Oi Glaucia. Em relação ao autismo, é aquelas coisas na vida que não escolhemos, somos escolhidos. Mas Deus que sabe todas as coisas, permitiu que isso entrasse na nossa vida porque sabia que conseguiríamos lidar com essas dificuldades.

      Força colega

      Raquel

  3. valdecir lenco disse:

    boa tarde,.estava orando lembrei de voce estou agradecido a DEUS por conhece-lo voce e muito lucido e crente.que o senhor abencoe; A RAQUEL .VOCE e ISAQUE.abr.

    • Marcelo Moura disse:

      Obrigado pastor. Minha esposa falou que você ligou na quarta pra me dar os parabéns. Eu agradeço. Foi uma alegria poder conhecer você e sua esposa. É uma pena não poder caminhar mais junto de vocês. Quem sabe mais pra frente.
      Abraço

  4. Maria Sueli Vansan Gonçalves disse:

    Olá Marcelo e Raquel! O Pastor Valdecir, de Louveira, meu pastor, forneceu-me o link desse blog. Edificante foi ler cada linha escrita, creio que, com o coração de pais que sabem da preciosidade que Deus lhes confiou.
    Compartilho com vocês um artigo que li há alguns anos e muito me sensibilizou:
    BEM VINDO À HOLANDA!
    por Emily Perl Knisley
    Frequentemente sou solicitada a descrever a experiência de dar à luz uma criança com deficiência. É uma tentativa de ajudar pessoas, que não tem com quem compartilhar essa experiência única, a entende-la e imaginar como é vivenciá-la.
    Seria como…
    Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias para a Itália!
    Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelangelo. As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases simples em italiano. É tudo muito excitante.
    Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa.
    O comissário de bordo chega e diz: – “BEM VINDO À HOLANDA!”
    “Holanda!? diz você, o que quer dizer Holanda?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália.” Mas houve uma mudança de plano de vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.
    A coisa mais importante é que não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.
    Logo , você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.

    É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália.
    Mas, após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor… e começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrandts e Van Goghs.
    Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália. .. e estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda a sua vida, você dirá: “Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado.” E a dor que isso causa, nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é extremamente significativa.
    Porém… se você passar a sua vida toda remoendo o fato de não haver chegado a Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas muito especiais… sobre a Holanda.

    2 3 Trecho extraído do texto de Sandra Mary Mansueti Ribeiro. Sandra comemora o aniversário de 10 anos de seu filho

    Que Deus os abençoe, dirija e que sejam faróis também para outros pais que necessitam dessa luz que vocês irradiam. Não os conheço, mas posso sentir e imaginar.
    Sueli Vansan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s