Vou tentar retomar o blog esse ano. Então, queria atualizar as informações, descrever os progressos e compartilhar nossas lutas até aqui com o nosso autista.

Eu havia compartilhado no blog da dificuldade que tínhamos em fazer compras no supermercado porque o Isaque não parava de andar. Veja aqui o texto. A unica forma que encontramos naquele momento foi o seguinte: enquanto a Raquel fazia as compras eu andava com o Isaque pelo mercado, percorrendo alguns quilômetros até o final das compras.

A boa notícia é que ele progrediu nesse quesito.

 

mercadoAgora ele ajuda a fazer as compras. Ele fica responsável em colocar os produtos no carrinho e empurrá-lo. A Raquel pega na prateleira e dá na mão dele para colocar no carrinho. E ele gostou da sua função.

O problema é que ele passa pelos corredores do mercado pegando as coisas de que gosta e colocando dentro do carrinho. E antes de chegar no caixa eu vou tirando as coisas que ele pegou e devolvendo para a prateleira.

Ontem aconteceu assim. Passamos ao mercado para pegar algumas coisas que faltavam e ele pegou uma bolacha e colocou dentro do carrinho. Foi então que encontramos a irmã Isabel e sua filha. Enquanto conversávamos com elas, notei que ele pegou um pacotinho de “toddynho” e colocou no carrinho. A conversa continuou e ele pegou mais um pacote e colocou no carrinho. No final da conversa, não havia mais “toddynho” na prateleira. Ele tinha colocado tudo no carrinho. Tinha “toddynho” para o ano todo.

A parte boa da história é que ele ficou todo o tempo do nosso lado. Antigamente, precisávamos ficar correndo atrás dele pelo mercado.

Temos aprendido a cada dia que não podemos excluí-lo dos lugares porque seu comportamento não é o desejado. Se nunca mais tivéssemos levado ele ao mercado, para ele não ficar correndo pelos corredores, ele nunca teria aprendido a ficar do nosso lado. Para evitar um comportamento indesejado teríamos impedido que ele aprendesse um comportamento correto. Esse continua sendo nosso desafio em dezenas de outras questões.

 

 

»

  1. Cintia Silva disse:

    A paz! acabamos de receber diagnóstico do nosso filho Davi ele tem 4 anos, e pesquisando achamos vocês, eu e meu marido gostariamos muito de falar com vocês, somos de São Paulo zona sul, aguardo contato ansiosa, já li quase o blog inteiro, ( a maioria das vezes com muitas lágrimas) nos identificamos muito com mais confesso que minha fé não está como a de vcs servimos á Deus desde criança e está sendo muito dificíl aceitar tudo isso em nossas vidas, indepedentemente de Davi não ser o que idealizamos um dia, eu o amo com todas minha forças, e agora ainda mais, mais estou me sentindo só e não entendendo porq, pedindo á Deus que dos autos céus nos veja nessa hora. então encontrei vários pais que estão na mesma situação mais vcs foram os únicos que professaram a fé. Por favor volte mesmo a publicar no blog sei que a rotina não é fácil mais nos ajuda muito existirem pessoas que mesmo em meio a dor vem aqui compartilhar, os médicos naõ nos dão muitas informações simplesmente dizem seu filho é autista e mandam fazer terapia e tomar remédio, tudo que temos aprendido sobre o Davi tem sido através de pesquisas aqui na internet o caso dele é um pouco diferente porque é um caso regressivo, ele se desenvolveu muito bem até 2 anos 2 anos e meio mais tinha alguns sinais leves que por desconhecermos o transtorno não percebi outras coisas que foram ficando mais acentuadas aos três anos em janeiro do ano passado achávamos que era um menino de gênio forte, tÍmido e de poucas palavras com o pai dele etc, mais de setembro agora após uma internação por infecção alta voltou outra criança,cheio de tiques e estereótipos e vem regredindo muito, acho que a internação ou a infecção não sei serviu como um gatilho sabe, agora com diagnóstico estamos correndo para ajudá-lo, vendo o progresso de outros fico com esperança de que ele melhore e possa levar uma vida feliz.Estamos sentindo um mistura de sentimentos , porq não percebi antes, porq os medicos não perceberam antes, quantas vezes deve ter sofrido e eu sem ajudar, meu Deus tá doendo de mais. OBRIGADO POR ABRIR ESSE ESPAÇO, aguardamos contato, fiquem com Deus, um beijão na irmã Raquel e no lindo do Isaac.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s